Integração de sistemas: como implementar essa mudança

A integração de sistemas é uma operação bastante comum nas empresas que começam a crescer. É a complexidade na gestão, garantida pelo desenvolvimento de novos projetos, que faz essa integração ser necessária. Do contrário, veríamos setores cada vez menos integrados e áreas mais desconectadas devido ao acesso escasso às informações importantes da companhia. 

O gerenciamento macro, principalmente em grandes empresas, é garantido pela integração de sistemas. Esse movimento permite um fluxo de trabalho mais simples e otimizado, criando um ambiente digital bastante integrado e democrático. Afinal, a troca de dados acontece de maneira responsável, mas sem priorizar setores. Assim, o tempo de execução dos trabalhos é reduzido e a eficácia das soluções é ainda maior. 

São diversas as técnicas que os gestores de TI podem permitir para garantir essa integração: 

Plataformas de cloud computing 

Na nuvem, as comunicações ganham mais segurança e confiabilidade, pois a troca de dados é feita em ambientes isolados, geridos pelo líder da equipe. 

APIs  

O uso de APIs agiliza a adaptação dos sistemas para um ambiente mais livre, onde a troca de informações é constante. Elas podem ser facilmente implementadas, permitindo a ampla criação de serviços e funções de um software. 

As vantagens da integração são claras: melhoria na performance e otimização dos processos. Mas como realizar essa operação sem maiores problemas?  

  1. Verifique se a infraestrutura é compatível

Confira se o software escolhido é capaz de integrar o seu sistema. Para isso, faça uma análise da complexidade do sistema e trabalhe na padronização do próprio sistema antes mesmo de integrá-lo. 

  1. Invista na integração fracionada

É difícil realizar a integração total dentro de uma empresa que possui departamentos independentes em funcionamento. Por isso, crie um plano de integração: entenda quais os principais pontos a serem integrados ao novo sistema e quais você pode postergar. Isso vai evitar danos a projetos importantes. 

  1. Certifique a segurança de rede

Antes de realizar a integração, garanta que a rede da sua empresa vai comportar o novo sistema com um bom nível de segurança das informações. Se você não estiver seguro disso, cuide primeiramente da sua infraestrutura de TI e depois implante o novo sistema. 

Esses são alguns dos cuidados necessários para realizar uma integração bem-sucedida dos seus sistemas. Mas para saber como montar um projeto completo, entre em contato conosco e saiba como podemos implementar essa mudança na sua empresa.